O primeiro passo depois de escolher o tipo e a cor é ler atentamente as instruções da embalagem do produto – há algumas diferenças, de acordo com o tipo de textura. Normalmente, a preparação da superfície será a mesma que para as pinturas convencionais, mas você precisará de alguns instrumentos extras, como rolos especiais e desempenadeiras.

Em geral, a textura é aplicada com desempenadeira. Ela deve ser espalhada de maneira uniforme em áreas de no máximo 2 m². Se a aplicação for em blocos de concreto ou reboco grosso, aplique uma demão bem farta e, em seguida, passe o rolo decorativo. Caso a textura seja diluída, a aplicação dever ser feita diretamente com o rolo decorativo.

No site da Coral você encontra alguns “passo a passo” detalhados sobre a aplicação de cada tipo de textura.

E se você já tem uma parede com textura, mas deseja apenas trocar de cor, indicamos um rolo de pêlo baixo ou médio, para garantir a uniformidade do novo tom. Mas se o acabamento anterior tiver brilho será necessário lixar.

Por aqui encerramos nossa série especial sobre as texturas. Mas, se você ainda tiver dúvidas, fique à vontade para nos escrever perguntando. Tudo de cor para você e até amanhã!