“Estou prestes a pintar novamente minhas paredes: o que preciso saber para não errar."

Um pouco de tinta é a maneira mais fácil e acessível de dar um “up” imediato a um ambiente. De acordo com a pesquisa da AkzoNobel {*}, cerca de 1 em cada 10 pessoas dizem já ter adiado o início de uma reforma em casa, por não saberem nem por onde começar.

Nosso checklist traz todas as ferramentas que você precisa ter e todos os truques que você precisa saber para conseguir dar um acabamento profissional, independente se você é um(a) pintor(a) de primeira viagem ou já fez algumas reformas antes.

O app Coral Visualizer permite que você teste diferentes tonalidades de tintas antes de pegar nos pincéis.

1- Escolhendo sua cor

As cores das paredes de um ambiente causam um enorme impacto no visual e no sentimento que ele transmite, por isso é muito importante que você escolha as cores certas. Se você estiver com dúvidas na hora de escolher, use o app Coral Visualizer para ter um impressão digital instantânea sobre como seu ambiente ficará depois que uma cor for aplicada. Você poderá testar várias cores antes de colocar as mãos nos pincéis.

Depois de encontrar a cor perfeita, você poderá usar a calculadora de tintas da Coral e comprar a quantidade exata de material.

Você precisará de um monte de ferramentas diferentes para realizar sua pintura.

2- Materiais necessários

Após a escolha da sua cor, para dar início ao processo de pintura, você precisará de:

  • Uma lata de Decora Acrílico com a cor que você escolheu
  • Um rolo e uma bandeja
  • Pincéis – um médio e um pequeno
  • Uma vareta para misturar a tinta
  • Fita crepe
  • Capas para cobrir os móveis (de tecido ou plástico)
  • Panos (para tirar o pó das paredes e limpar os respingos)
  • Uma escada (para acessar os pontos mais altos e difíceis)
Cubra com fita crepe as tomadas e interruptores, batentes das portas e janelas, rodatetos, maçanetas e tudo mais que você não quer pintar.

3- Pegue a fita crepe

Cubra com fita crepe as tomadas e interruptores, batentes das portas e janelas, rodatetos, maçanetas e tudo mais que você não quer pintar. Tome cuidado para aplicar a tinta de maneira uniforme e sempre em linha reta, para que as extremidades não fiquem desiguais.

Se você não tem espaço para tirar a mobília do ambiente que será pintado, cubra-as com alguma capa de tecido ou plástico.

4- Cubra tudo

O melhor a fazer é tirar toda a mobília do quarto, mas se você não tem para onde leva-la, cubra tudo com algumas capas de tecido ou plástico. Sacolinhas plásticas de supermercado são uma solução simples e barata para proteger itens como lustres e luminárias de teto.

Você deve sempre colocar um pano embaixo da área que está sendo pintada, de preferência, fixando-o no chão com algum tipo de fita. Gotas de tinta sempre cairão no chão, por mais cuidado que você tome, por isso é melhor prevenir do que remediar.

Para dar um acabamento ultra-suave, é essencial remover todo o pó das paredes antes de começar a pintar.

5- Tire o pó das paredes

Para dar um acabamento ultra-suave, é essencial remover todo o pó das paredes antes de começar a pintar. Uma passada rápida com um pano seco geralmente dá conta do serviço. Redobre o cuidado com os cantos superiores das paredes onde podem haver teias de aranha.

Essa é a hora perfeita para lixar as irregularidades e remover os pregos ou parafusos velhos das paredes. Preencha os buracos com massa se necessário.

Espere secar a primeira demão de tinta, e se necessário, dê uma segunda demão. Você precisará aplicar uma terceira demão se estiverfazendo uma mudança de cor muito radical.

6- Comece a pintar

Normalmente, não é necessário aplicar um primer nas paredes que já foram pintadas antes. Se for esse o caso, chegou a hora de abrir a sua lata de tinta.

Misture bem sua tinta com uma vareta e despeje um pouco na bandeja. Use o pincel de tamanho médio para pintar os 10 primeiros centímetros de sua parede, passando por cima das fitas crepes. Use o rolo para preencher o resto. O segredo para dar um acabamento bem suave é não encharcar muito o pincel ou rolo.

Espere secar a primeira demão de tinta, e se necessário, dê uma segunda demão. Você precisará aplicar uma terceira demão se estiver fazendo uma mudança de cor muito radical.

Pouco antes de sua tinta secar, retire cuidadosamente a fita crepe.

7- Retire a fita crepe

Pouco antes de sua tinta secar, retire cuidadosamente a fita crepe. Se você esperar a tinta secar por completo, você corre o risco de arrancar um pedaço inteiro de tinta com a fita. Caso isso aconteça, faça pequenos retoques com seu pincel pequeno.

É isso ai! Aquelas paredes perfeitamente lisas e suaves são suas.

8- Dê um passo para trás e admire seu trabalho

É isso ai! Aquelas paredes perfeitamente lisas e suaves são suas. Agora elas formarão o pano de fundo de sua novíssima decoração.

Dica do dia

Ao usar um rolo, faça movimentos diagonais e não verticais ou horizontais. Isso dará um acabamento mais uniforme e evitará ranhuras.