Estilo mineiro: descubra os tons da Coral que inspiraram os arquitetos em Belo Horizonte

Janelas CASACOR Minas Gerais acontece em seis endereços da capital, de 31/10 a 30/11


 
 

Projetos coloridos reescrevem histórias em Minas Gerais e criam novas memórias em tempos de pandemia. Os tons da Coral, tinta oficial da exposição Janelas CASACOR, foram delicadamente escolhidos pelos arquitetos. Eles estão na cozinha com perfume do passado, no loft que resgata nossas raízes, na garagem tecnológica e em outros espaços, que podem ser vistos em seis locais diferentes da capital mineira. Três deles são shoppings - Diamond Mall, BH Shopping e Pátio Savassi - e três são prédios  - Casa Fiat, Mineiraria e Sebrae-MG - acessíveis em horários liberados pelos protocolos de saúde adotados na cidade. Saber como os profissionais selecionaram as cores vai estimular você a renovar a sua casa. E alegrar sua história.

Cozinha verde - e viva - com perfume de café e especiarias
 

Viva Cozinha, por Paula Guimarães (@paulaguimaraes.arq)

 

Cores: Verde Artesão, na parede, e Tempero Forte, nas prateleiras
Produto: Coralit Total Acetinado

Já ouviu falar em sinestesia? O termo curioso refere-se à capacidade de ver cheiros ou de ouvir cores… Soa estranho, mas a arquiteta Paula Guimarães nos prova que somos todos um pouco sinestésicos - basta olhar os temperos secando, sobre a parede em tom Verde Artesão, da Coral. Parece que "enxergamos" o perfume das especiarias. Também dá para ouvir o som de armazém antigo na arrumação das prateleiras, todas pintadas com a cor Tempero Forte. Esse é o cenário perfeito para as aulas de gastronomia que serão transmitidas online durante a exposição Janelas CASACOR Minas Gerais. Com um clique, o internauta terá acesso a muitas misturas de sentidos. E pode aproveitar a praticidade das redes também para escolher e comprar os produtos da Coral: Loja Coral online

O Verde Artesão, da Coral, trouxe alegria na cozinha da arquiteta Paula Guimarães. Prateleiras de madeira receberam o Tempero Forte - tom escolhido por conta do nome.

Alecrim, Alho, Ora-pro-nóbis e outras ervas e temperos secam pendurados junto à parede em tom Verde Artesão. As prateleiras com jeitão de armazém antigo foram pintadas com a cor Tempero Forte, da Coral.

Café em grão na balança antiga trazem memórias da tradicional cozinha mineira. Ao fundo, a parede Verde Artesão, da Coral, é a ligação com a natureza de Minas. Nas prateleiras, a cor Tempero Forte esquenta a decoração.

 

Cores ativam memória afetiva nesta sala

 

Sala da Memória, por Carolina Campos e Maria Magalhães (@carolinacamposarquiteta e @mmagalhaes.m)

 

Cores: Pudim de uva, na parede e no teto, e Ouro Monarca na parede lateral
Produto: Coral Decora Matte

A Coral tem mais de 2000 cores. E para as arquitetas Carolina Campos e Maria Magalhães, um projeto nasce justamente na escolha de tons. As duas abriram a vasta paleta com uma missão: encontrar tonalidades que contassem uma história de lembranças e alegria, na exposição Janelas CASACOR. Chegaram ao Pudim de Uva e ao Ouro Monarca. O primeiro tom remete às sobremesas em família - e é ele que envelopa tudo, das paredes ao teto. O segundo lembra a imponência das jóias que passam de geração a geração. As arquitetas marcaram a arquitetura com uma parede sobreposta de drywall, onde usaram o amarelo.

Depois de selecionar as cores Pudim de Uva e Ouro Monarca, as arquitetas Carolina Campos e Maria Magalhães foram escolhendo os elementos de decoração com tons vivos que ajudassem a narrar a história da família.

 

Obra de arte com Tintas Coral traz a natureza para a varanda

Refúgio Natural, por Mutabile Arquitetura (@mutabilearquitetura)

 

Cores: Tubarão Branco, Verde Gramado Perfeito, Espetáculo Natural, Cascatas da Floresta, Turquesa Veneziana, Azul Pequim, Navegantes, Blues, Nascer do Oriente, Laranja Revelação, Asteca Coral, Licor de Damasco, Solário, Amarelo festival, Pimenta Malagueta, Vermelho real, Lilás Claro - todas usadas na obra de arte na parede. Lápis Preto, no teto. 
Produtos: Coral Decora Matte (cores da obra de arte e Lápis Preto), Coral Decora Efeito Cimento Queimado (na parede, como fundo da arte, na cor Tubarão Branco).

O trabalho a quatro mãos dos artistas plásticos Helena Campos e Altino Caldeira é uma profusão de cores. A natureza morta - incrivelmente vibrante - se formou com 16 tons da Coral. Ela representa folhas, flores e ramos na varanda Refúgio Natural, criada pelos arquitetos Gabriel Souza e Isabel Brant, da Mutabile Arquitetura. Ao fazer esse projeto para a exposição Janelas CASACOR, os profissionais evocaram um espelho d’àgua - feito de espelhos reais no chão - que reflete o forro pintado na cor Lápis Preto, como um céu pontuado de estrelas. O tom escuro destaca a parede clara, pintada com Coral Decora Efeito Cimento Queimado na cor Tubarão Branco. Inspire-se nas obras de outros artistas plásticos também feitas com cores da Coral na exposição Janelas do Ceará.

Espelhos reais garantiram a sensação de um pequeno lago. Ele reflete a pintura que usou 16 cores da Coral e foi feita para essa varanda da Mutabile Arquitetura, em Janelas CASACOR

 

Homenagem às nossas origens com a cor Terra Brasilis

Casa Raízes, por Bárbara Nobre (@barbaranobre.arquitetura)

Cores: Terra Brasilis e Cobre Arandela, nas paredes, e Cinza Nobre, no teto
Produto: Coral Decora Efeito Velvet (na cor Terra Brasilis, na parede do banheiro), Coral Decora Matte (nas cores Terra Brasilis, Cobre Arandela e Cinza Nobre)

Ao buscar um tom terroso para as paredes da Casa Raízes, a arquiteta Bárbara Nobre encontrou o Terra Brasilis na paleta da Coral. A descendência indígena da profissional falou alto nessa escolha. E a cor aparece em dois tipos de acabamentos: Matte e Efeito Velvet. Esse último traz a textura suave, aveludada, que aumenta a sensação de conforto no quarto do loft. Na área de refeição, Bárbara preferiu o Cobre Arandela e, no forro, o Cinza Nobre. O tom, mais escuro, rebaixa um pouco o pé-direito (e, repare no detalhe curioso: tem Nobre no nome, como a própria profissional).

A suavidade do veludo aparece no Efeito Velvet, da tinta Coral Decora. A cor escolhida aqui foi a Terra Brasilis, em referência direta às nossas raízes. Ele formou um casal perfeito com o Cobre Arandela, no loft de Bárbara Nobre.

No forro, o Cinza Nobre diminui a sensação de pé-direito muito alto. Ele também ressalta a cor Cobre Arandela, da Coral, na parede do living criado pela arquiteta Bárbara Nobre.

O Efeito Velvet da tinta Coral Decora, na cor Terra Brasilis, faz com que essa parede de Janelas CASACOR pareça ter sido acariciada - como fazemos no veludo de um sofá.

 

Boiserie laranja: detalhe que faz toda a diferença

Estar Conviver, por Marina Diniz (@marinadinizarquiteta)

Cores: Montana Infinita, nas paredes e forro, e Areias do Marrocos, na boiserie
Produto: Coral Decora Matte (na cor Montanha Infinita), Coral Decora Diamante (na cor Areias do Marrocos)

Apaixonada por tons neutros, a arquiteta Marina Diniz conta que recorre sempre aos verdes quando quer pincelar cores mais fortes em seus projetos. Faz isso por dois motivos: o verde tem capacidade de harmonizar bem com qualquer tonalidade e traz ligação direta com a natureza. Para o ambiente Estar Conviver, ela buscou o tom Montanha Infinita, da Coral. Escuro, ele traz o efeito de acolhimento desejado para o ambiente que agrega living e jantar. As luzes fazem desenhos nas paredes. Mas os olhos do observador vão diretamente às boiseries, pintadas com o laranja Areias do Marrocos. No acabamento Diamante da tinta Coral Decora, elas parecem saltar da parede. Exemplos como esses mostram que é possível usar a cor como elemento de decoração econômico e elegante.

Dois ambientes em um, unidos pela cor Montanha Infinita. Na parede, usaram-se boiseries pintadas de Areias do Marrocos, em acabamento Diamante (semi-brilho). Escolhas da arquiteta Marina Diniz para o Janelas CASACOR.

Em detalhe, dá para perceber que as boiseries não estão sobrepostas. De gesso, elas foram produzidas unidas e receberam a cor Areias do Marrocos, na tinta Coral Decora Diamante (semi-brilho), que contrasta bem com o verde Montanha Infinita. 

 

Cor deixa o consultório com cara de casa 

A casa terapêutica, por Ana Bahia (@anabahiaarquitetura)

Cores: Azeitona Fresca, na parede e forro, Vaso de Cactos, dentro do círculo vazado e Branco Gatinho, na parede
Produto: Coral Decora Matte

Quando escritórios e clínicas reabriram após a quarentena, a estética fria comercial já não agradava mais. Entre os pedidos que a arquiteta Ana Bahia mais recebeu estava o de transformar consultórios em ambientes acolhedores - com cara de casa. Para isso, ela contou com o poder da cor e escolheu um tom que ao mesmo tempo traz energia e calma: o Azeitona Fresca, da Coral. Sua presença é complementada com uma parede Branco Gatinho, em que se encontra um círculo vazado, como uma janela. Lá dentro, a parede foi pintada com o Vaso de Cactos. Você pode provar o poder da cor na sua casa também - antes mesmo de fazer a pintura. Basta usar o aplicativo Coral Visualizer para Android IOS. Por meio de realidade aumentada, você aponta o celular para o ambiente que deseja pintar, escolhe a cor e vê o resultado na tela.

Um consultório colorido, com o tom Azeitona Fresca, surpreende os pacientes com seu aconchego. A escolha foi de Ana Bahia para a Casa Terapêutica.

Além do verde Azeitona Fresca, a arquiteta Ana Bahia selecionou o Branco Gatinho e o Vaso de Cactos, da Coral, para seu espaço em Janelas CASACOR.

Arte popular, peças de design e mobiliário confortável ajudam a dar ao consultório o ar de uma sala de casa. Mas é a cor Azeitona Fresca, da Coral, que dá personalidade ao ambiente comercial.

 

Hall propõe resgate ancestral e coragem para os novos tempos

Hall Neolítico, por Roger Lages (@roger_lages)

Cores: Recado de Amor, nas paredes e teto, e Pedra Esculpida, no retângulo ao fundo
Produto: Coral Decora Efeito Velvet (na cor Recado de Amor) e Coral Decora Matte (na cor Pedra Esculpida)

Pedra Esculpida é a Cor do Ano 2021. Ela está em um retângulo ao fundo, no Hall Neolítico do arquiteto Roger Lages. Representa a porta que nos levará à coragem para enfrentar desafios. Ela nos convida a esculpir a mudança como já fizeram tantos de nossos antepassados. O período neolítico, que batizou esse espaço no Janelas CASACOR, traz o resgate ancestral. E o ambiente com poucos elementos foi todo pintado com a cor Recado de Amor, no Efeito Velvet - pois o arquiteto buscava textura visual aconchegante, mas irregular. O resultado é provocador: traz sensação de calma, mas, no limite, estressa pela possibilidade do tédio. Sendo um hall, ele é área de passagem e tem a palavra "Fuga" em neon. E o arquiteto coloca a dúvida: “Será que escaparemos para fora ou para dentro de nós mesmos?”

Jogo de formas e texturas, envelopados pela cor Recado de Amor, no Efeito Velvet, formam o Hall Neolítico de Roger Lages, para a exposição Janelas CASACOR.

Portas imaginárias nos levam para dentro ou para fora de nós mesmos. Uma delas foi pintada com a cor Pedra Esculpida da Coral, no Hall Neolítico, de Roger Lages.

 

Efeito aveludado na parede conta as histórias da família

Refúgio Familiar, por Igor Zanon (@igorzanonarquitetura)

Cores: Pedra Esculpida, na parede e forro
Produto: Coral Decora Efeito Velvet

Os espaços de convivência em casa se multiplicaram durante a pandemia. Era preciso absorver tantas funções e ressignificar o contato familiar. Pensando no conceito de ninho, o arquiteto Igor Zanon escolheu materiais naturais e agradáveis ao toque para o Refúgio Familiar. No layout, rebaixou o pé-direito de parte da sala para criar um nicho, que pode abrigar o canto do trabalho ou estudo. Igor ressaltou a arquitetura com o tom Pedra Esculpida, da Coral - eleito Cor do Ano 2021. Ele aparece com o Efeito Velvet, pois o arquiteto desejava uma parede com brilho irregular, como se o tempo narrasse as nuances da história dessa família. Conheça todos os Efeitos Especiais da Coral e personalize sua parede também.

A Cor do Ano 2021, Pedra Esculpida, reveste parede e forro do grande nicho criado para estudo e trabalho no Refúgio Familiar. Aqui, o arquiteto Igor Zanon usou a tinta Coral Decora Efeito Velvet. Uma projeção de filmes retrata moradores descobrindo novos hobbies durante a pandemia.

 

Forro azul lembra céu em garagem multiúso

Garagem Templuz Tech, por Regina Padilha (@puraaquiteturabh)

Cores: Estátua Antiga, na parede do telão, Presença Masculina, no forro, Vestido de Gala, Pinot Noir, Bis! e Azul Nobre, nas placas da parede ao fundo
Produto: Coral Decora Matte e Coral Decora Efeito Cimento Queimado (na cor Estátua Antiga)

Essa é uma garagem feita para permanências prolongadas. Embora seja o espaço do carro elétrico, seus 55 m2 permitiram a criação da área para bike, para ginástica e até para festa, com música e videoclip no telão - controlado por automação. A cor Presença Masculina, no teto, está replicada pelos espelhos na parte de cima da parede. Eles já estavam lá quando a arquiteta Regina Padilha iniciou o projeto para Janelas CASACOR Minas Gerais. Mantidos, proporcionaram a sensação de céu infinito refletindo a cor. Outros tons de azul e cores mais femininas ficam em placas na parede do fundo para dar movimento ao conjunto.

O azul Presença Masculina predomina no espaço, cobrindo todo o forro, que é replicado por espelhos. Mas, apesar do nome da cor, a arquiteta Regina Padilha explica que essa é uma garagem de estar, para homens e mulheres. Tons mais delicados foram colocados em placas na parede do fundo.

O telão, na parede pintada com Coral Decora Efeito Cimento Queimado no tom Estátua Antiga, convida a uma festa com muita música na garagem criada por Regina Padilha para Janelas CASACOR.

 

Noite e dia no Home Office: o passar do tempo representado por tons

Home Office, por Carol Horta (@carolhorta.arq)

Cores: Infinito, nas paredes e no teto da parte mais escura do home office, Banco de Neve, na parede e teto da parte mais clara, Além da Escuridão, na fachada da loja
Produto: Coral Decora Matte

Mesmo depois da pandemia, o home office será uma opção mantida por muitas empresas - como apontam todas as pesquisas de tendência. A arquiteta Carol Horta encontrou nas cores um jeito de representar a passagem das horas para quem ficará tanto tempo em casa. Ela dividiu os 37 m2 em dois - de um lado, predomina a cor Banco de Neve, da Coral, no espaço de leitura e relaxamento; do outro, a cor Infinito, levando ao acolhimento, reflexão e produção. Sobre a parede escura, ela projeta uma animação com 20 frases - são expressões que vão de “O dia” a “Uma proposta”, passando por “245 emails” e “Um disco antigo da Ella”. Poesia concreta para trazer humor e prazer ao trabalho.

O verde Infinito, da Coral, emoldura o canto de trabalho. A frase na parede é uma das 20 que são projetadas em animação divertida para lembrar a passagem do tempo. A parte clara do home office de Carol Horta recebeu o tom Banco de Neve. 

A brincadeira do claro e escuro, para representar o dia e a noite, está nas cores - Banco de Neve e Infinito - mas também nas peças de mobiliário e até nas obras de arte selecionadas por Carol Horta, em Janelas CASACOR.

A fachada do espaço resume bem o conceito deste home office: começar e terminar o dia em casa, mas com conforto e pausas recompensadores. Na parte externa do ambiente, Carol Horta usou a cor Além da Escuridão

 

Tons neutros e olhar clássico para uma sala cheia de calma

Por trás da Janela, por Isabela Torres e Rodrigo Aguiar (@isabelatorresarq e @roaguiar)

Cores: Pedra Esculpida, na parede lateral, Segredo Inca, na parede com o elemento vazado, e Lápis Preto, no forro
Produto: Coral Decora Matte

As referências clássicas trazem conforto ao olhar. Elas estão na simetria, nas proporções e nas boiseries. A cor neutra Segredo Inca, da Coral, arremata o conjunto. Os arquitetos Isabella Torres e Rodrigo Aguiar, unidos neste projeto de Janelas CASACOR Minas, uniram essa leitura clássica a peças contemporâneas do mobiliário e a recursos de automação nas persianas. A parede mais escura traz o conforto da presença natural. Ela recebeu o tom Pedra Esculpida - eleito como a Cor do Ano 2021.

Boiseries e molduras de gesso foram pintadas com o mesmo tom das paredes: o Segredo Inca, mais claro, e o Pedra Esculpida. Para deixar o espaço com escala humana, o forro e parte superior da parede recebeu o Lápis Preto. Escolhas de Isabella Torres e Rodrigo Aguiar, em Janelas CASACOR.

 

Poesia dramática em parede bordô: reflexão sobre a casa em três atos

As Cortinas das Janelas, por Mariana Spinola (@marianaspinolaarquiteta)

Cores: Recado de Amor, na parte superior das paredes, e Vinho Sofisticado, na parede central com a poesia
Produto: Coral Decora Efeito Velvet (na cor Recado de Amor), Coral Decora Matte (na cor Vinho Sofisticado)

Abrem-se as cortinas e começa o espetáculo. No primeiro ato, refletimos sobre os outros - e o quanto as redes sociais podem embaçar nossas vistas como cortinas diáfanas. No segundo ato, sentimos inquietude. E é aí que a arquiteta Mariana Spinola trouxe a cor Vinho Sofisticado, da Coral, para chamar atenção a uma poesia irônica e provocativa. O terceiro ato é o momento do reencontro com o eu. Hora de se iluminar - com as 7800 lâmpadas em tela gabião - e de se aceitar nos biombos de espelho. Abraçando toda a peça proposta em Janelas CASACOR Minas, a testeira da loja tem o suave Recado de Amor, em Efeito Velvet, com a dramaticidade do veludo. Conheça todos os Efeitos Especiais da Coral e descubra como fazer um espetáculo em sua parede.

Para mostrar a escala humana da vitrine, a arquiteta Mariana Spinola foi modelo de seu espaço. Brincando com o conceito de cortina - roupa da janela - ela dividiu o ambiente em três. Na parte central uma poesia escrita sobre a cor Vinho Sofisticado, da Coral, pergunta se estamos vivendo o novo normal ou mais do mesmo. 

Um telefone do século passado e lâmpadas incandescentes (desligadas, claro) questionam o moderno. Reflexões provocadas por Janelas CASACOR no espaço de Mariana Spinola. Ela escolheu Vinho Sofisticado e Recado de Amor, da Coral, como cores do ambiente.

 

Para escolher e comprar os produtos da Coral, você nem precisa sair de casa. Acesse Loja Coral online