A teoria da luz de Isaac Newton provou que o espectro de cores é composto por vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta. Isso mesmo, não tem roxo. Você pode estar surpreso ao descobrir que o violeta é uma cor verdadeira, fazendo parte do espectro de luz, e que o roxo está fora do espectro, podendo ser usado para descrever qualquer tonalidade de cor entre o vermelho e o azul.

Embora ele possa não ser uma "cor" no verdadeiro sentido da palavra, o roxo ainda assim é uma ótima maneira de descrever todos aqueles tons elegantes e exuberantes entre o azul e o vermelho, como lavanda, malva, amora e orquídea. Ok, Newton pode até não concordar tecnicamente, mas a gente aposta que ele nunca dormiu em um quarto decorado com tons suaves e tranquilos de lavanda...