Branco chumbo é um dos pigmentos mais antigos feitos pelo homem, com uma história que remonta aos antigos gregos e egípcios. Muitas das mais amadas pinturas clássicas a óleo da Europa usavam branco chumbo como o fundo da tela, para misturar tintas de várias cores e criar realces. A contribuição do branco chumbo para a beleza das obras de arte inspiraram outro uso: como pigmento na maquiagem. Elizabeth I, Rainha da Inglaterra, era conhecida por usar o pigmento. Infelizmente, o teor de chumbo não fazia muito bem para a pele.

Nos tempos modernos, o chumbo foi substituído por novos pigmentos, como titânio e zinco brancos. Apesar da evolução do pigmento, o mundo ainda aprecia a beleza simples desta cor, tanto que é a escolha de tinta mais popular ao redor do mundo.